A Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança, realizou uma visita crucial às instalações do polo 2 do Instituto Politécnico de Malanje. Esta visita teve como objectivo principal avaliar as condições da instituição e discutir soluções para os desafios enfrentados.

O Instituto Politécnico de Malanje, resultado da fusão de duas instituições independentes: o Instituto Superior Politécnico de Malanje (criado em 2016) e a Escola Superior Politécnica de Malanje (criada em 2009), e foi com criado com base no Decreto Presidencial n° 285/20 de 29 de Outubro, que estabelece a Universidade Rainha Njinga a Mbande e, tem sido um importante centro educacional desde sua fundação. Com 114 docentes dedicados e uma comunidade estudantil de 2307 alunos, a instituição tem desempenhado um papel vital na formação de profissionais qualificados para enfrentar os desafios do século XXI.

Durante a visita, a Ministra realizou uma reunião com a Direção do Instituto, onde foram discutidas várias questões enfrentadas pela instituição. Estas incluíram dificuldades como a necessidade de manutenção das infra-estruturas nos polos 1 e 2, problemas de acesso ao Polo 2, questões de segurança pública, formação contínua do corpo docente, controle dos docentes em formação no exterior, mobilidade na carreira, dependência excessiva de pessoal colaborador, falta de docentes para atender à demanda estudantil, escassez de meios de transporte para os estudantes, e insuficiência de recursos financeiros diante das crescentes necessidades materiais da instituição em meio à conjuntura económica do país.

Apesar dos desafios, a Ministra destacou vários pontos fortes do Instituto, incluindo sua presença online, alto nível de comprometimento da direcção na resolução de problemas institucionais, organização e duração dos cursos, programas curriculares aprovados com saídas profissionais, abordagem teórico/prática no ensino, corpo docente jovem e motivado para a excelência académica e científica, compromisso com a formação reconhecido interna e externamente, entre outros.

A Ministra apresentou orientações e sugestões para superar as dificuldades apresentadas, incentivando a equipe do Instituto a continuar com seu trabalho resiliente, visando sempre a excelência, o mérito e o compromisso. Ela prometeu apoio contínuo do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação para garantir que o Instituto Politécnico de Malanje continue a fornecer educação de qualidade e a desempenhar um papel vital no desenvolvimento da região e do país como um todo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here