Editores da Revista de NeuroImage Renunciam por Taxas de Acesso Aberto

Post date:

Author:

Category:

Os 42 editores das revistas científicas de neurociência, NeuroImage e  NeuroImage: Reports, renunciaram em Abril como forma de protesto contra as taxas de publicação de artigos em acesso aberto impostas pela editora holandesa Elsevier. A decisão ocorreu após extensas discussões e foi liderada por Stephen Smith, editor-chefe da “NeuroImage”. Smith expressou a frustração da comunidade académica em relação às práticas das grandes editoras, afirmando que muitos se sentem impotentes para influenciar uma mudança ética.

As taxas de processamento de artigos (APC) da revista NeuroImage são pouco mais de US$ 3,4 mil, enquanto na “NeuroImage: Reports” eram de US$ 900, aumentando para US$ 1,8 mil a partir de 31 de Maio. Os editores anunciaram em conjunto sua renúncia através do Twitter, poucos dias após a recusa da editora em reduzir as taxas.

NeuroImage

De acordo com um comunicado divulgado, os editores da NeuroImage solicitaram à Elsevier uma redução da APC para US$ 2 mil ou menos em Junho de 2022, mas a editora não concordou com o pedido. Em Março deste ano, os editores informaram à Elsevier sua intenção de renunciar caso nenhuma acção fosse tomada. Andrew Davis, vice-presidente de comunicações corporativas da Elsevier, defendeu que as taxas da NeuroImage são competitivas em comparação com revistas semelhantes em áreas afins.

Os editores que renunciaram têm planos de lançar um novo periódico de acesso aberto sem fins lucrativos chamado “Imaging Neuroscience”, com o objectivo de substituir a NeuroImage como a principal revista em seu campo. Esta não é a primeira vez que editores se desligam de revistas da Elsevier em protesto. Em 2015, 37 editores da revista “Lingua” renunciaram e fundaram a revista de acesso aberto sem fins lucrativos “Glossa”. Em 2019, a equipe do “Journal of Informetrics” também renunciou e fundou a revista “Quantitative Science Studies”. Esses casos reflectem debates em curso sobre o modelo de publicação académica e a busca por alternativas que garantam qualidade e ética na disseminação científica.

STAY CONNECTED

0FansLike
3,888FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

INSTAGRAM

Ir para a barra de ferramentas