Revista Cureus põe fim ao “Muro da Vergonha”

A revista médica “Cureus”, com sede em São Francisco, Estados Unidos, decidiu encerrar uma controversa iniciativa conhecida como o “Muro da Vergonha”. Essa lista em seu site exibia nomes, afiliações e até fotografias de autores de artigos da revista envolvidos em casos de plágio, fraude na revisão por pares, roubo de dados e manipulação de imagens. A lista, que estava ativa desde o ano anterior, foi implementada devido à preocupação da “Cureus” com a possibilidade de autores mal-intencionados. Embora o periódico adote um sistema de revisão por pares que agiliza a publicação dos manuscritos, a análise crítica ocorre após a publicação.

Essa iniciativa gerou reações divergentes na comunidade acadêmica. Enquanto alguns apoiaram a exposição pública de autores envolvidos em má conduta, outros criticaram a revista por não conseguir evitar a publicação de trabalhos com sérias falhas. A primeira versão da lista incluía principalmente nomes de autores do Paquistão, além de países como África do Sul, Nepal, Índia e Estados Unidos.

Os editores da “Cureus” justificaram sua decisão de abolir o “Muro da Vergonha”, explicando que encontraram formas mais eficazes de lidar com a desonestidade acadêmica e a fraude, sem a necessidade de exposição pública. Eles comprometeram-se a continuar investigando alegações de fraude de maneira rigorosa e objetiva, sem recorrer à divulgação pública de listas de autores.

Essa reviravolta na abordagem da “Cureus” destaca os debates em curso sobre a melhor maneira de lidar com questões de ética e integridade na publicação científica. Enquanto a iniciativa buscava expor os autores envolvidos em má conduta, o cancelamento do “Muro da Vergonha” evidencia a necessidade de adoptar abordagens que equilibrem a transparência com a protecção dos direitos e reputações dos indivíduos, preservando a qualidade e credibilidade da pesquisa académica. Isso ressalta a complexidade e desafios éticos envolvidos na administração da integridade na publicação científica.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img
spot_img

Hot Topics

Related Articles

Ir para a barra de ferramentas