Liberdade Académica em Risco na Universidade Nazarbayev (NU)

Shigeo Katsu, ex-director da Universidade Nazarbayev (NU) no Cazaquistão, uma instituição de pesquisa de destaque na Ásia Central, expressou preocupações sobre o declínio da liberdade académica e da autonomia institucional da universidade. Fundada em 2010 com financiamento estatal, a NU operava com independência sob leis especiais, mas agora enfrenta desafios que ameaçam seus princípios fundamentais.

Katsu, que desempenhou um papel crucial na criação da Universidade Nazarbayev NU, alertou para a erosão da supervisão internacional, nomeações governamentais e diluição da independência financeira. Ele também destacou as implicações geopolíticas, especialmente em meio ao fortalecimento dos laços do Cazaquistão com a Rússia, despertando receios sobre a influência russa nas universidades cazaques.

A universidade, conhecida por sua autonomia, enfrentou mudanças significativas após a agitação política em 2022, com o antigo presidente do Conselho da NU sendo preso. Katsu mencionou uma campanha de difamação, semelhante às estratégias russas, que visava comprometer a reputação da NU e seus líderes.

Uma redução na representação internacional nos conselhos de governança levantou preocupações adicionais sobre a interferência política. A NU, uma vez elogiada por sua independência, agora vê membros internacionais minoritários em seus órgãos decisórios, com administradores alinhados ao governo assumindo papéis proeminentes.

Essas mudanças coincidem com alterações na legislação universitária e pressões crescentes sobre a autonomia financeira da NU. Katsu também destacou disputas sobre a gestão de fundos de doações e investimentos, com implicações para a sustentabilidade financeira da universidade.

A influência russa é percebida como um factor crucial, com a Rússia buscando expandir sua presença na região e influenciar as nomeações universitárias. Enquanto isso, a NU continua a manter parcerias internacionais valiosas, vitais para sua reputação e qualidade académica.

Essas questões não apenas afectam a Universidade Nazarbayev, mas também têm implicações mais amplas para o ensino superior no Cazaquistão e em todo o mundo. A preservação da liberdade académica e da autonomia institucional é essencial para garantir o progresso da pesquisa, a excelência académica e o desenvolvimento da sociedade.

A situação na NU destaca os desafios enfrentados por muitas universidades em contextos políticos onde a interferência governamental pode comprometer a integridade académica. O equilíbrio delicado entre independência institucional e responsabilização pública precisa ser cuidadosamente gerenciado para proteger os valores fundamentais da educação superior.

Além disso, as tensões geopolíticas entre o Cazaquistão e a Rússia e o papel da NU como uma instituição com fortes laços internacionais destacam a importância da colaboração global na academia. Parcerias internacionais não apenas enriquecem o ambiente académico, mas também ajudam a promover o intercâmbio de ideias e o progresso científico em todo o mundo.

À medida que a NU e outras universidades cazaques enfrentam desafios em sua jornada rumo à excelência académica e à independência, é fundamental que a comunidade internacional apoie essas instituições na defesa dos princípios da liberdade académica e da autonomia institucional. Somente através de esforços conjuntos e compromisso com os valores democráticos é que podemos garantir um futuro vibrante e progressivo para o ensino superior em todo o mundo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img
spot_img

Hot Topics

Related Articles

Ir para a barra de ferramentas