Primeiro Transplante de Fígado de Porco em Humano realizado na china

Pela primeira vez na história, um homem na China recebeu um fígado de porco em um transplante, marcando um avanço significativo na área da medicina. O paciente, de 50 anos e clinicamente morto, teve o fígado de um porco geneticamente modificado conectado às suas veias por dez dias. A cirurgia foi realizada pelos médicos do Hospital Xijing da Universidade Médica da Força Aérea em Xi’an, China, e liderada pelo cirurgião Dou Kefeng.

O objectivo desse procedimento foi testar a viabilidade de usar órgãos de porcos geneticamente modificados em transplantes humanos. Na China, centenas de milhares de pessoas sofrem de falência hepática todos os anos, mas apenas cerca de 6.000 conseguem realizar um transplante de fígado. Nos últimos anos, cirurgiões nos Estados Unidos já realizaram transplantes de coração de porco em duas pessoas vivas e transplantaram corações e rins de porco em várias pessoas que foram declaradas clinicamente mortas devido à falta de função cerebral.

Uma visão ampliada do fígado de porco durante o procedimento de xenotransplante. Crédito: Hospital Xijing, Universidade Médica da Força Aérea em Xi'an, China.
Uma visão ampliada do fígado  durante o procedimento de xenotransplante. Crédito: Hospital Xijing, Universidade Médica da Força Aérea em Xi’an, China.

Os médicos do Hospital Xijing relataram que o fígado de porco transplantado secretou mais de 30 mililitros de bile por dia, indicando que estava funcionando correctamente. Isso é encorajador para a pesquisa futura sobre transplantes de órgãos de animais em humanos, conhecida como xenotransplante.

O fígado  utilizado no transplante foi modificado geneticamente para desactivar genes específicos e introduzir genes humanos, a fim de evitar a rejeição pelo corpo humano. Este fígado veio de um porco miniatura Bama criado pela empresa Clonorgan Biotech em Chengdu, China.

Os médicos envolvidos no estudo planejam realizar mais transplantes de fígado de porco em pessoas clinicamente mortas ainda este ano, com o objectivo de avaliar a viabilidade dessa técnica como uma solução temporária para a falência hepática.

Embora os transplantes de coração e rim de porco tenham sido considerados como possíveis substitutos de longo prazo, os transplantes de fígado de porco são vistos principalmente como uma solução temporária para pessoas com falência hepática, permitindo que o fígado humano se regenere ou aguardem um doador humano adequado.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img
spot_img

Hot Topics

Related Articles

Ir para a barra de ferramentas