Painéis solares nos olhos podem restaurar a visão, revela estudo

Uma equipe de engenheiros da Universidade de Nova Gales do Sul (UNSW Sydney), na Austrália, está a trabalhar em um projecto inovador: implantar pequenos painéis solares nos olhos das pessoas. O objectivo é utilizar a tecnologia solar na retina humana para restaurar a visão de indivíduos com diferentes tipos de complicações oculares, oferecendo-lhes uma melhor qualidade de vida.

Neste momento, os cientistas internacionais estão focados em compreender como essa tecnologia pode ser aplicada para transformar a luz solar que atinge o olho humano em energia elétrica.

Segundo o grupo de pesquisa, essa abordagem pode contornar fotorreceptores danificados, fornecendo informações visuais ao cérebro. Os fotorreceptores são células que detectam luz e cor. Embora alguns testes já tenham sido realizados com a tecnologia, ela ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento. Os pacientes precisavam implantar fios em seus olhos para os testes, um procedimento complexo e potencialmente arriscado.

O dispositivo desenvolvido pela UNSW terá cerca de 2 mm² de tamanho, com pixels que medem aproximadamente 50 micrômetros.

“Pessoas com doenças como retinite pigmentosa e degeneração macular relacionada à idade perdem lentamente a visão à medida que os fotorreceptores no centro do olho degeneram. Acredita-se há muito tempo que os implantes biomédicos na retina poderiam substituir os fotorreceptores danificados”, destaca o Dr. Roemer.

Para evitar o uso de fios elétricos diretamente nos olhos, os cientistas propõem o uso de pequenos painéis solares conectados ao globo ocular. Esses painéis seriam alimentados automaticamente pela luz solar, sendo totalmente portáteis e dispensando cabos ou fios.

Embora os pesquisadores já tenham obtido resultados promissores na fase de prova de conceito, o projeto ainda não foi testado em seres humanos. Ainda são necessárias mais pesquisas antes que a tecnologia possa ser implantada nas retinas de pacientes com problemas de visão.

“Mesmo com a eficiência das células solares empilhadas, a luz solar por si só pode não ser forte o suficiente para funcionar com essas células solares implantadas na retina. As pessoas podem precisar usar óculos de proteção ou óculos inteligentes que amplifiquem o sinal solar na intensidade necessária para estimular de forma confiável os neurônios do olho”, conclui o Dr. Roemer.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img
spot_img

Hot Topics

Related Articles

Ir para a barra de ferramentas