<[chatbot]

Pesquisadores Detectam Oscilações de Rádio em Buraco Negro

buraco negro

Uma equipe internacional de pesquisadores conseguiu identificar oscilações na frequência de rádio emitida por um pequeno buraco negro localizado a aproximadamente 28 mil anos-luz da Terra. Essa descoberta pode representar a primeira evidência de actividade de um lançamento de jato de plasma altamente magnetizado. Os resultados do estudo foram publicados na revista Nature em 26 de Julho.

Conhecido como GRS 1915+105, o objecto é um buraco negro que continua a se alimentar constantemente do material de uma estrela que está em sua órbita. Esse sistema energético é chamado de “microquasar”, uma versão reduzida dos quasares – núcleos galácticos extremamente brilhantes, milhões ou bilhões de vezes mais massivos que o Sol.

A equipe de pesquisadores utilizou o Telescópio Esférico de Abertura de Quinhentos Metros (FAST) para descobrir um sinal de oscilação quasi-periódica (QPO) na faixa de rádio. O sinal peculiar QPO tem um período aproximado de 0,2 segundo, ou seja, uma frequência de cerca de 5 Hertz. No entanto, esse sinal não está sempre presente e só aparece em condições físicas específicas. Durante a investigação, os pesquisadores tiveram a sorte de captá-lo apenas em duas ocasiões: uma em Janeiro de 2021 e outra em Junho de 2022.

Em certas circunstâncias, alguns sistemas binários de buracos negros lançam um jato – uma combinação de feixes paralelos de matéria carregada e um campo magnético que se move quase à velocidade da luz. Esses jactos são fenómenos astrofísicos fascinantes, capazes de liberar quantidades enormes de energia e influenciar o ambiente em escalas cósmicas.

Os especialistas acreditam que essa característica única pode ser a primeira evidência de actividade de um “jato” lançado por um buraco negro de massa estelar galáctica. Com base nessas observações, os pesquisadores esperam obter novas informações sobre os hábitos alimentares de buracos negros menores e como eles interagem com seu ambiente. Essa descoberta representa um avanço significativo em nossa compreensão do comportamento desses misteriosos objectos cósmicos e abre caminho para futuras pesquisas no campo da astrofísica.

Entender a natureza dos microquasares e a dinâmica dos jactos de plasma é essencial para avançar nossa compreensão do universo. Esses fenómenos astrofísicos desempenham um papel fundamental na evolução das galáxias e na formação de novos corpos celestes. Além disso, estudos mais aprofundados de oscilações de rádio em buracos negros podem fornecer insights valiosos sobre as leis fundamentais da física em condições extremas de gravidade.

A pesquisa contínua nessa área é crucial para desvendar os segredos do cosmos e pode ter implicações significativas para nossa compreensão do universo e do nosso lugar nele. A ciência da astrofísica tem o poder de nos levar além dos limites do nosso planeta e nos conectar ao vasto e misterioso universo que nos cerca, proporcionando uma perspectiva única e enriquecedora sobre a natureza da realidade e a nossa existência como seres humanos.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *