China Inaugura Fazenda Vertical de Suínos em Edifício de 26 Andares para Impulsionar Produção de Carne

Em uma audaciosa empreitada para impulsionar sua produção industrial de carne suína, a China acaba de inaugurar o que é considerado o maior criadouro autónomo de suínos do mundo. Localizado em uma vila rural na província central do país, um imponente edifício de 26 andares surge, desafiando as convenções arquitetônicas ao se destacar como uma estrutura singular.

Apesar de sua aparência austera, que poderia ser confundida com a de uma penitenciária, o edifício abriga uma complexa rede de instalações dedicadas à criação e engorda de suínos. A primeira leva de leitoas chegou em setembro do ano passado, e desde então, o edifício se tornou o epicentro de uma operação de grande escala destinada a atender a voraz demanda por carne suína na nação mais populosa do mundo.

Cada andar do edifício desempenha um papel crucial no ciclo de vida das leitoas, desde a inseminação até a maturidade. Elevadores industriais impressionantes transportam dezenas de leitoas para seus respectivos andares, onde são cuidadas em “celas” que replicam as condições ideais para cada estágio de desenvolvimento.

A tecnologia está no centro desta operação, com câmeras monitorando de perto cada atividade e sistemas automatizados distribuindo ração de acordo com as necessidades individuais de cada animal. A capacidade total do edifício é impressionante, prevendo-se a criação de mais de 1.200.000 porcos por ano, alimentando assim a fome insaciável da China por carne suína.

Esta iniciativa reflete a determinação da China em deixar para trás os métodos tradicionais de criação de porcos em pequenas propriedades rurais e abraçar uma abordagem industrializada em larga escala. O país busca fechar a lacuna entre a demanda interna por carne suína e sua capacidade de produção, consolidando sua posição como líder global no setor.

À medida que o mundo testemunha a ascensão desta monumental fazenda vertical de suínos, é inevitável questionar o futuro da produção de alimentos em um mundo cada vez mais populoso e tecnologicamente avançado. Este edifício não é apenas um marco na história da agricultura, mas também um sinal claro do caminho que a produção de alimentos está tomando no século XXI.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Discover

Sponsor

spot_imgspot_img

Latest

Como é o trabalho num laboratório farmacêutico

Trabalhar em um laboratório farmacêutico envolve contribuir significativamente para a saúde e o bem-estar das sociedades, além de desempenhar um papel importante na economia...

o Sol é menor do que pensávamos segundo um novo estudo

Uma investigação recente sugere que o raio do nosso Sol é ligeiramente menor do que o modelo solar tradicional indicava, por uma diferença de...

Células-tronco podem atrair câncer de mama para a coluna

Quando o câncer de mama se espalha, geralmente atinge a coluna vertebral. Agora os cientistas podem finalmente ter descoberto o porquê. Um novo tipo de célula-tronco leva...

Desistir da Vida Pode Levar à Morte

Pesquisadores da Universidade de Portsmouth, liderados pelo Dr. John Leach, realizaram um estudo inovador que descreve os marcadores clínicos associados à morte psicogênica -...

Centro de Ciência de Luanda acolhe Conferência de Jovens Investigadores da CPLP sobre África

Luanda- Está montado o palco para a terceira Conferência de Jovens Investigadores da CPLP em África e a capital angolana, Luanda, tem o privilégio...
Ir para a barra de ferramentas