Início Curiosidade As 10 melhores e piores cidades para expatriados

As 10 melhores e piores cidades para expatriados

207
0

Valência, Dubai e Cidade do México ocupam o pódio do Expat City Ranking 2022 como os três melhores destinos para profissionais que atuam fora de seu país de origem. O levantamento considerou 50 cidades com um mínimo de 50 respondentes em cada uma delas. O ranking foi elaborado a partir de indicadores de qualidade de vida, facilidade de adaptação, índice de trabalho, índice de finanças pessoais e facilidades burocráticas, administrativas e de acomodação. Veja mais detalhes.

As 10 melhores e piores cidades para expatriados
As 10 melhores e piores cidades para expatriados

As melhores para expatriados

1. Valência

Para 85%, Valência, na Espanha, oferece um transporte público acessível; para 92%, há boas opções de esporte e lazer, além de segurança. Quando o assunto é facilidade de acomodação, a cidade fica em terceiro lugar, com 74% dos expatriados entrevistados sentindo-se em casa por lá e 72% se dizendo felizes com sua vida social. Quando o assunto é custo de vida, a cidade espanhola conquista novamente o primeiro lugar, com 83% dos expatriados a avaliando positivamente — globalmente esse índice cai para 45%. O ponto fraco da cidade, no entanto, é a perspectiva de carreira: 50% dos expatriados classificam o mercado de trabalho local de forma negativa e 30% julgam suas próprias oportunidades de carreira de forma desfavorável.



2. Dubai

Dubai se sai bem quando o assunto é carreira: 70% dos expatriados estão satisfeitos com seu trabalho e 78% relatam que a cultura empresarial local incentiva a criatividade. Os entrevistados ainda disseram que é fácil lidar com autoridades locais (66%) e que estão satisfeitos com a disponibilidade de serviços governamentais online (88%). A maioria (81%) se sente bem-vinda e 68% estão satisfeitos com sua vida social. Além disso, 95% estão satisfeitos com a infraestrutura para carros e valorizam a cultura, a vida noturna e variedade culinária local.




3. Cidade do México

Apesar de ocupar o terceiro lugar no ranking geral, a Cidade do México peca quando o assunto é segurança e meio ambiente e clima (ocupando os 47º e 41º lugares nesses quesitos, respectivamente). Mesmo assim, 35% dos entrevistados disseram que estão satisfeitos com sua segurança pessoal. O ponto forte da cidade são os residentes locais, que para 87% dos expatriados são amigáveis. Por lá, 82% dos entrevistados se sentem felizes e 89% se sentem bem-vindos. Quando o assunto é finanças pessoais, a capital mexicana também se sai bem: 73% estão satisfeitos com sua situação financeira e 71% estão satisfeitos com sua carreira e com o emprego.

4. Lisboa

Em Lisboa, a qualidade de vida é boa para expatriados, o que coloca a cidade em quinto lugar entre as várias cidades. Nos quesitos sentir-se bem-vindos e facilidade de fazer amigos com moradores locais, os expatriados classificam Lisboa em quinto lugar no ranking. Em finanças pessoais, a cidade também fica em quinto lugar. Em relação a opções de carreira, trabalho e lazer, salário e segurança no trabalho e satisfação no trabalho, a capital portuguesa está na 36ª posição.




5. Madri

A capital da Espanha é das cidades melhor avaliada quando o assunto é fazer com que os expatriados se sintam bem e na facilidade para fazer amigos, o que rendeu o sétimo lugar nesse quesito. Em qualidade de vida, Madri fica na frente de Lisboa, em quarto lugar, mas também deixa a desejar quando o assunto é trabalho, estando em 38º lugar. Em finanças pessoais, a cidade fica em décimo lugar.

As 10 melhores cidades do mundo para expatriados
1. Valência
2. Dubai
3. Cidade do México
4. Lisboa
5. Madri
6. Bangkok
7. Basiléia
8. Melbourne
9. Abu Dhabi
10. Cingapura




As piores para expatriados
1. Joanesburgo

A maior cidade da África do Sul está no último lugar no índice de qualidade de vida, com expatriados insatisfeitos com acessibilidade e disponibilidade de transporte público, além de se sentirem inseguros. O mercado de trabalho e as oportunidade de carreira também são classificado de forma negativa por 38% e 29% dos entrevistados, respectivamente. Para 41%, as finanças pessoais não são boas, 44% dizem que a renda familiar é insuficiente para bancar uma vida confortável e 41% avaliam de forma negativa os serviços governamentais online. A moradia acessível é citada por 46% dos expatriados.

2. Frankfurt

A cidade alemã está entre os 10 últimos lugares nas categorias vida digital, idioma, assuntos administrativos e habitação. Por lá, os expatriados estão insatisfeitos também com o custo de vida, e classificam a cidade em 41º no índice de finanças pessoais. Há ainda uma grande dificuldade no quesito adaptação, com 55% afirmando não conseguir fazer amigos locais e 30% dizendo não se acostumar com a cultura local. Apesar de uma boa posição na infraestrutura para carros, em 10º lugar, Frankfurt é a pior do mundo quando o assunto é transporte público.




3. Paris

Os expatriados afirmam ser muito difícil encontrar moradia em Paris, por isso a cidade ocupa o 47º lugar nesse quesito — 71% dizem que os custos de habitação são muito altos. Os custos altos também afetam as finanças pessoais, que fazem com que 35% estejam insatisfeitos com sua situação financeira. Além disso, a capital francesa também não é tão receptiva, com 35% considerando que parisienses são hostis aos residentes estrangeiros e 58% achando difícil fazer amigos locais. Entre as qualidades da cidade, no entanto, estão a variedade culinária, a cultura e a vida noturna.

4. Istambul

A cidade fica em 40º lugar no ranking de qualidade de vida, principalmente devido à falta de segurança. Istambul está em 30º lugar em receptividade a expatriados e facilidade para fazer amizades com moradores. Satisfação no emprego e cultura do trabalho são outros quesitos mal avaliados.

5. Hong Kong

A cidade fica em 46º em qualidade de vida, à frente apenas de Dublim, Kuala Lumpur, Cairo e Joanesburgo. Hong Kong ocupa a 25ª posição em receptividade de expatriados e facilidade para estabelecer amizades locais. No quesito trabalho, está na 46ª posição.




As 10 piores cidades do mundo para expatriados

1. Joanesburgo
2. Frankfurt
3. Paris
4. Istambul
5. Hong Kong
6. Hamburgo
7. Milão
8. Vancouver
9. Tóquio
10. Roma

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here