Início Física Prêmio Nobel de Física 2021: Sistemas Complexos

Prêmio Nobel de Física 2021: Sistemas Complexos

91
0

No dia 5 de outubro de 2021, a Academia Sueca de Ciências anunciou o Prémio Nobel de Física para as contribuições consideradas inovadoras na compreensão de sistemas físicos complexos, o qual foi divido por três grandes cientistas. Metade do prêmio foi para Syukuro Manabe e Klaus Hasselmann, “para a modelagem física do clima da Terra, quantificando a variabilidade e prevendo o aquecimento global de forma confiável”. A outra metade foi para Giorgi Parisi, “para a descoberta da interação da desordem e das flutuações nos sistemas físicos de escalas atômicas e planetárias” [1,2].

O cientista Sykuro Manabe é um dos pioneiros na criação de modelos numéricos para compreender a física do clima. As contribuições que lhe renderam o Nobel permitem testar a relação entre o aumento de CO2 na atmosfera e o incremento da temperatura. Os experimentos realizados pelo cientista permitem estabelecer a importância de reduzir as emissões de CO2, o que foi crucial para os avanços relacionados às mudanças climáticas baseadas em princípios sólidos das ciências [2,3]

O cientista Klaus Hasselmann notou ser possível incorporar nos modelos de previsão climática as mudanças aleatórias que ocorrem a todo instante nas variáveis atmosféricas. Dessa forma, foi criado um modelo que considera essas variações atmosféricas. O desenvolvimento de seu modelo foi inspirado na teoria do movimento browniano de Albert Einstein, em 1905. Além disso, Hasselmann, desenvolveu também um método para identificar o impacto humano no sistema climático [2,3].

Já Giorgi Parisi foi o cientista capaz de compreender e descrever matematicamente padrões ocultos em materiais complexos e desordenados. Sua descoberta dá a possibilidade de compreensão de muitos materiais e fenômenos diferentes e aleatórios, trazendo contribuições não só para a Física, mas para outras áreas como Matemática, Biologia, Neurociência, entre outras [2-4].

O atual presidente do Comitê do Nobel de Física, Thors Hans Hansson, apontou sua opinião sobre ambas contribuições:

“As descobertas reconhecidas este ano demonstram que o nosso conhecimento sobre o clima está alicerçado numa base científica sólida, baseada numa análise rigorosa das observações. Todos os laureados deste ano contribuíram para que obtivéssemos uma visão mais profunda das propriedades e da evolução de sistemas físicos complexos” [2-4].

Além de eternizarem seus nomes na história da ciência, os vencedores dividirão o prêmio de 10 milhões de coroas suecas (aproximadamente 6,1 milhões de reais) [5].

Autora: Lorraine Gabriele Fiuza de Jesus.

Referencias:

[1] Imagem retirada de: NobelPrize.org. Nobel Media AB 2021. The Nobel Prize in Physics 2021. Disponível em: https://www.nobelprize.org/prizes/physics/2021/summary/. Acessado em: 17/10/2020.

[2] PRESS release: The Nobel Prize in Physics 2021. The Nobel Prize, [s. l.], 5 out. 2021. Disponível em: https://www.nobelprize.org/prizes/physics/2021/press-release/https://www.nobelprize.org/prizes/physics/2021/press-release/. Acesso em: 17 out. 2021.

[3] PESQUISADORES brasileiros comentam o Nobel de Física de 2021. Sociedade Brasileira de Física, [s. l.], 7 out. 2021. Disponível em: http://www.sbfisica.org.br/v1/home/index.php/pt/acontece/1426-pesquisadores-brasileiros-comentam-o-nobel-de-fisica-de-2021. Acesso em: 17 out. 2021

[4] NOBEL de Física 2021 premia trio por trabalho ligado a mudanças climáticas. VEJA, [s. l.], 5 out. 2021. Disponível em: https://veja.abril.com.br/ciencia/nobel-de-fisica-2021-premia-trio-por-trabalho-ligado-a-mudancas-climaticas/. Acesso em: 17 out. 2021.

[5] NOBEL de Física 2021 vai para cientistas que contribuíram para modelos do aquecimento global. G1, [s. l.], 5 out. 2021. Disponível em: https://g1.globo.com/ciencia/noticia/2021/10/05/nobel-de-fisica-2021-vai-para-syukuro-manabe-klaus-hasselmann-e-giorgio-parisi.ghtml. Acesso em: 17 out. 2021.