Início Investigação COMO FAZER UM ARTIGO CIENTÍFICO PASSO A PASSO?

COMO FAZER UM ARTIGO CIENTÍFICO PASSO A PASSO?

157
0

Nesse artigo iremos apresentar todos os passos necessários para escrever um artigo científico passo a passo, sem complicação, ou seja, se você é iniciante, irá aprender tudo sobre este gênero textual.

PASSO A PASSO DE ARTIGO CIENTÍFICO

Nas instruções a seguir, você aprenderá como desenvolver e escrever o seu artigo científico com poucos passos.

PASSO 1 – ENTENDA O QUE É UM ARTIGO CIENTÍFICO
Primeiramente, você deve entender que um artigo científico nada mais é do que uma produção textual de caráter informativo que contém uma linguagem mais técnica.

O objetivo deste tipo de produção está em divulgar, demonstrar e comprovar resultados teóricos ou práticos que foram obtidos a partir de uma pesquisa científica em particular.

Além disso, esse tipo de texto se constrói a partir de métodos científicos e, na sequência, ele pode vir a ser publicado em revistas acadêmicas e científicas para ampliação de um determinado segmento ou área.

PASSO 2 – OBSERVE AS CARACTERÍSTICAS DE UM ARTIGO CIENTÍFICO

No que tange às características de um artigo científico, fique sabendo que elas estarão sempre sujeitas ao campo científico a que pertence o pesquisador e também são dependentes da metodologia que está sendo aplicada no processo de pesquisa.

Os textos científicos sempre estão sujeitos aos delineamentos que impõem a revista científica a qual será publicado, por exemplo. Então, o formato deste tipo de produção, seguirá sempre as diretrizes das revistas ou periódicos.

Para escrever um texto do tipo científico, o autor do trabalho deve utilizar uma linguagem que seja formal, técnica e objetiva, no qual ele possa expressar a informação de forma pontual.

É importante que o autor do artigo científico não inclua nenhum tipo de estrutura narrativa poética literária, já que a finalidade destes tipos de artigos é puramente informativa e não recreativa.

PASSO 3 – ENTENDA O QUE É O MÉTODO CIENTÍFICO

Podemos definir o método científico como o processo que será utilizado pelo autor do artigo científico para a elaboração das suas teorias e transmiti-las a outros membros da comunidade científica.

O método científico geralmente tem como finalidade a difusão dos seus achados e conhecimentos adquiridos juntamente com os demais colegas da área que tenham especialidades de estudo em comum.

Além disso, também precisamos considerar que o método científico pretende produzir conhecimento e se apoia em 2 pilares fundamentais.

Capacidade de reprodução: Este pilar estabelece que o método científico permite repetir um determinado experimento em um ambiente controlado e que obtenha o mesmo resultado. Este é o único método que a comunidade científica tem de corroborar, estabelecendo se o método é certo ou não.
Refutabilidade: Este é outro pilar do método científico que está encarregado de estabelecer todas as hipóteses ou afirmações científicas que possam ser refutadas. Isso significa que deve existir ao menos um elemento empiricamente comprovável que possa ser refutado pelo pesquisador.
Inúmeros especialistas sustentam a ideia de que não existe um só método científico, mas sim, vários métodos científicos. Estes métodos vão variando dependendo do científico ou profissional que o realize.

Em outras palavras, cada pesquisador pode empregar diversos métodos, tais como classificações, medições, hipóteses, deduções que dependem, tanto da personalidade do próprio pesquisador, como do momento histórico no qual se está fazendo o estudo.

PASSO 4 – DEFINA A CARACTERÍSTICA DO SEU MÉTODO CIENTÍFICO
Um método científico em um artigo possui algumas características que o tornam um texto único, são elas:

Formulação de uma pergunta ou problema de pesquisa: Isso é muito comum, porque quando começamos a analisar um tema de estudo, sempre irão surgir perguntas ou problemas que queremos contestar ou resolver. A partir disso, podemos formular hipóteses que contestam essa pergunta mediante um método de raciocínio dedutivo.
Conclusões: A comunidade científica costuma avaliar os resultados por meio do método de revisão por pares. Isso significa que cientistas/pesquisadores da mesma especialidade analisam o seu projeto.
Observações sistemáticas: Aqui é realizada uma revisão do que se passa no mundo real.
Experimentação: A experimentação é o passo que damos mais além, uma vez que pode replicar um experimento. Tudo isso se dará sempre num marco de laboratório, com ambientes controlados e, em ocasiões repetidas, as experimentações, de modo geral, são encarregadas de refutar ou validar uma hipótese.
O método científico pode potencialmente lhe permitir desenvolver teorias, indagações, uma hipótese que resultou ser verificada e foi parcialmente comprovada.

Se essa teoria é aceita como verdadeira no tempo e lugar, pode converter-se em uma lei. As leis naturais são permanentes e irrefutáveis.

PASSO 5 – ESCREVER O ARTIGO CIENTÍFICO
Já foi comentado neste post que para escrever um artigo ou texto científico, o autor do trabalho deve seguir a metodologia científica, que por sua vez, é um sistema experimental de conhecimento. Isso significa que se baseia na observação direta e reprodução dos fenômenos naturais.

O método científico tem sido revisado, corrigido ou afinado ao longo dos séculos de sua existência. Atualmente, os passos para a correta realização de um artigo científico são os seguintes.

Observação: Sempre será o passo inicial que deve ser dado antes de iniciar com qualquer projeto do tipo científico. Portanto, o autor do trabalho deve fixar os sentidos nos fenômenos de sua natureza para poder compreender o contexto e obter informação com relação ao pensar em resolver um problema ou pergunta de pesquisa.
Introdução: Na introdução, o autor do artigo científico deve escrever quais são os elementos de base do fenômeno estudado ou observado.
Hipótese: O autor do artigo deve formular possíveis respostas às perguntas e interrogações planejadas desde o processo da observação.
Experimentação: Neste ponto, o autor do trabalho tentará comprovar a hipótese mediante a reprodução do fenômeno em um ambiente que esteja controlado.
Antítese, refutação: O autor tenta refutar sua hipótese para demonstrar seu alto nível de validação.
Teoria: Levando em consideração que consiga alcançar o passo anterior, isso pode anunciar uma possível teoria científica.
Considerações finais: Todo o artigo científico deve ter um apartado para as considerações finais ou conclusão. Neste momento, você deve fazer o fechamento da sua pesquisa, revisando brevemente todas as teorias que foram levantadas e os resultados obtidos.
Esse processo nos permite comprovar que o método científico, que é aplicado na hora de organizar o artigo científico, funciona de modo similar a um algoritmo de raciocínio e comprovação.

Siga as orientações recebidas em nosso conteúdo de hoje e certamente não terá dificuldade para escrever seu artigo científico.

Recordando mais uma vez que o que foi apresentado foram dicas de como desenvolver este tipo de produção. Logo, para publicar um artigo, antes você deverá pesquisar uma revista científica de interesse e seguir as orientações dela, no que diz respeito ao modo de estruturação do texto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here