Início Investigação Adoçantes artificiais podem aumentar risco de diabetes

Adoçantes artificiais podem aumentar risco de diabetes

30
0

Um estudo de pesquisadores israelenses encontrou uma possível ligação entre o uso de adoçantes artificiais e o diabetes.

Adoçantes artificiais podem aumentar risco de diabetes
Adoçantes artificiais podem aumentar risco de diabetes

Eles são os melhores amigos de quem está de dieta ou é diabético. Criados para ajudar a manter a saúde, os adoçantes artificiais existem há mais de cem anos e estão em vários tipos de alimentos. Mas os benefícios deles são questionados por um estudo publicado na revista científica Nature.

A pesquisa do Instituto de Ciência Weitzmann, de Israel, feita com ratos e também com humanos, mostra que o uso constante do aspartame, da sucralose ou da sacarina pode aumentar o risco de desenvolver diabetes do tipo dois. O levantamento sugere ainda que pode haver relação entre o consumo de adoçante e o aumento de peso.

Os cientistas explicam que, quando ingeridos, esses adoçantes passam diretamente para o intestino. Lá, eles podem afetar a função e a variedade das bactérias que integram a flora intestinal e que ajudam a digerir os alimentos. Ao fazer isso, os adoçantes acabariam prejudicando a habilidade do corpo de regular a quantidade de açúcar no sangue.

Os cientistas alertam que os resultados são preliminares e é preciso ampliar o estudo em humanos para tirar conclusões definitivas. Até porque, há várias outras pesquisas que mostram que os adoçantes são seguros para consumo.

“Outros estudos são necessários para que a gente entenda se a flora intestinal é realmente causadora dos problemas de diabetes e obesidade. O importante: consumo reduzido, não exagerar no consumo”, afirma o médico endocrinologista João Eduardo Nunes Salles.