Início Noticias Educação Porque a Apple e a Google não exigem mais diploma universitário para...

Porque a Apple e a Google não exigem mais diploma universitário para contratar?

331
0

Um diploma garante alguma coisa? Na visão de gigantes da tecnologia do nível de Google, Apple e IBM, não. Essas foram três das empresas mencionadas no levantamento do site Glassdoor, que mostra que algumas das maiores empresas do planeta já não veem mais o curso superior como um diferencial tão grande na hora de contratar um profissional.

Não entenda errado, no entanto. Ao fazer isso, as empresas não estão desprezando o conhecimento, e sim abrindo o leque para novas formas de aprendizado. Especialmente na área de tecnologia, existem inúmeros profissionais que aprenderam o que sabem de forma autodidata, sem depender de um curso superior. Essas pessoas agora têm a oportunidade de entrar em uma empresa gigante se conseguirem provar que são tão capazes quanto aqueles que cursaram uma faculdade.

questão gira em torno da forma como as pessoas são capazes de usar seus talentos, e encontrar aquilo que é mais adequado para a vaga, o que significa que muitas vezes o candidato será diplomado, mas nem sempre isso será o caso. Como explica ao Huffington Post Maggie Stillwell, responsável por recrutamento na gigante Ernst & Young, ?qualificações acadêmicas ainda são levadas em consideração e continuam um ponto importante na avaliação de um candidato, mas não são mais uma barreira para colocar o pé para dentro da porta?.

No caso do Google, a posição de não exigir diplomas para suas vagas vem de uma análise de longa data que concluiu que provas universitárias não são um bom parâmetro para prever o futuro desempenho profissional do estudante. Já na IBM dos EUA, 15% dos novos contratados já não tem mais diploma, com o CEO da empresa publicamente falando que cursos vocacionais e experiência no próprio trabalho são um treinamento mais eficaz do que quatro anos de faculdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui