Início Meio Ambiente Afélio: Terra estará mais distante do sol em Julho

Afélio: Terra estará mais distante do sol em Julho

21
0

Circula nas redes sociais nos últimos dias, uma informação que afirma que o “fenômeno afélio”, quando a Terra está mais distante do Sol, estaria prestes a começar, e que, como consequência teríamos baixas temperaturas e impacto negativo na saúde humana, por provocar doenças como gripe. O afélio vai acontecer, mas não como terá impacto negativo na saúde humana, de acordo com a AFP.

O que é o afélio?

O afélio é o ponto de órbita em que a Terra fica o mais distante possível do Sol e acontecerá no dia 4 de julho, e a distância entre o planeta e a estrela será de 152 milhões quilômetros e atinge a menor velocidade do ano.

O evento é contrário ao periélio, quando a Terra está mais próxima do Sol. Este ano, o fenômeno aconteceu no dia 4 de janeiro, e nesse dia o Sol estava em seu maior tamanho aparente. Mas, de acordo com a Nasa, a mudança é difícil de notar. O diâmetro aparente entre o periélio e o afélio é de pouco mais de 3%. Assim, a variação é mínima.

Além disso, a distância do Sol não determina as estações. Essas são governados pela inclinação do eixo de rotação da Terra.

Opinião de especialista

À AFP, Andrea Sánchez, doutora em astronomia pela Universidade da República, no Uruguai, explicou que o fenômeno não tem “absolutamente nenhuma” relação com o clima, nem com consequências prejudiciais para a saúde humana.



De acordo com Sánchez, a mudança das temperaturas durante as estações do ano se deve ao fato de que o eixo de rotação da Terra é inclinado e “isso determina que em uma determinada estação o Hemisfério Sul receba mais radiação solar, e em outra, o Hemisfério Norte”. No entanto, segundo a pesquisadora, há mais fatores que afetam a variação do clima e não só a distância entre a Terra e o Sol.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui