Início Tecnologia Obama: desinformação é uma “ameaça à democracia”.

Obama: desinformação é uma “ameaça à democracia”.

17
0

O ex-presidente dos Estados Unidos de América EUA Barack Obama, afirmou num discurso em Stanford que a desinformação é uma “ameaça à democracia”.

O antigo presidente dos EUA, Barack Obama, fez um discurso num evento organizado pela Universidade de Stanford onde criticou publicamente as redes sociais, afirmando que as empresas responsáveis têm de ser reguladas de forma a combater a disseminação de desinformação.

“O próprio design destas plataformas parecem colocar-nos na direção errada”, afirmou Obama, apontando que as redes sociais são capazes de “incentivar os piores impulsos da humanidade”.

“O facto de os cientistas terem desenvolvido uma vacina segura e eficaz em tempo recorde é uma conquista inacreditável. No entanto, apesar deste facto que sabemos por testarmos clinicamente a vacina em milhares de milhões de pessoas em todo o mundo, cerca de um em cada cinco americanos ainda está disposto a colocar-se em risco e colocar as famílias em risco em vez de se vacinar”, afirmou o ex-presidente dos EUA. “As pessoas estão a morrer por causa de desinformação”.

Obama declarou ainda que a desinformação é uma “ameaça à democracia”, apontando o dedo ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, e a um dos conselheiros de Trump, Steve Bannon.

“Eles compreendem que não é necessário que as pessoas acreditem em informação de forma a enfraquecer instituições democráticas. Apenas tens de inundar a praça pública de um país com esgoto. Tens de levantar questões suficientes, espalhar lama o suficiente, implantar teorias de conspirações suficientes, para que os cidadãos já não saibam no que acreditar”, notou Obama de acordo com o CNet. “Assim que percam a confiança nos seus líderes, nos media, nas instituições políticas, uns nos outros, na possibilidade de verdade – o jogo está ganho”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui