Início Tecnologia Rússia acusa YouTube de espalhar desinformação e admite medidas punitivas

Rússia acusa YouTube de espalhar desinformação e admite medidas punitivas

10
0

O regulador russo de comunicações, o Roskomnadzor, acusou o YouTube de ser “uma das principais plataformas a espalhar imagens falsas sobre a operação militar especial da Rússia no território da Ucrânia”.

Como conta a Reuters, a entidade reguladora russa adianta que poderá tomar medidas para punir a empresa responsável pela plataforma de vídeos, a Google, admitindo considerar bloquear os anúncios e recursos de informação da tecnológica.

Recordar que, no início de março, a Google decidiu bloquear as aplicações de órgãos de comunicação russos RT e Sputnik. No mesmo mês, a Rússia também decidiu a bloquear a plataforma de anúncios da gigante tecnológica norte-americana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui