Início Internacional Moderna retira mais de 700 mil vacinas da Europa depois de anomalia

Moderna retira mais de 700 mil vacinas da Europa depois de anomalia

14
0

A Moderna, empresa de biotecnologia norte-americana, responsável por uma das primeiras vacinas contra a Covid-19, anunciou, esta sexta-feira, que está a recolher 764.900 doses daquele fármaco na Europa.

A decisão surge depois de ter sido detetado um frasco contaminado por um “corpo estranho” num dos lotes produzidos pela fabricante contratada Rovi.

Segundo a Moderna, não foram identificados problemas de segurança nos lotes distribuídos em Portugal, Espanha, Polónia, Suécia e Noruega em janeiro.

A farmacêutica frisou que a contaminação foi detetada apenas num frasco e que está a retirar o lote do mercado por precaução.

Recorde-se que, no ano passado, o Japão suspendeu a utilização de três lotes da mesma série da vacina contra a covid-19 da Moderna, o equivalente a 1,63 milhões de doses, após relatos de centros de vacinação da presença de impurezas em frascos por abrir.

Análises feitas pela empresa a um dos lotes acabaram por revelar a presença de partículas de aço inoxidável, o que não representa “risco excessivo para a segurança” das pessoas, esclareceu depois a Moderna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui