Início Investigação Bebés de mães vacinadas contra Covid-19 desenvolvem anticorpos para a vacina

Bebés de mães vacinadas contra Covid-19 desenvolvem anticorpos para a vacina

92
0

Um estudo realizado por pesquisadores em Massachusetts (EUA) descobriu que a maioria dos bebês nascidos de mães vacinadas tinham anticorpos para a vacina.

O estudo envolveu 28 bebês de seis meses nascidos de mães vacinadas. Estas mulheres haviam recebido duas doses de uma vacina de RNA de mensageiro entre 20 e 32 semanas de gestação. Durante este tempo, a transferência de anticorpos maternos para o feto por meio da placenta está em seu auge. Doze bebês da mesma idade cujas mães foram infectadas durante o período de transferência também participaram.

Os pesquisadores encontraram níveis de imunoglobulina G em 57% dos bebês nascidos de mães vacinadas. Entretanto, eles foram encontrados em apenas 8% dos bebês nascidos de mães infectadas e não vacinadas.

Resultados do estudo

Os resultados do estudo sugerem que aos seis meses de idade, os bebês nascidos de mães vacinadas contra a COVID-19 durante a gravidez são mais propensos a ter anticorpos contra o vírus em seu sangue. Ao contrário de bebês nascidos de mães não vacinadas que ficaram infectadas durante a gravidez.

No entanto, não está claro quão altos os níveis de anticorpos precisam ser para se proteger contra infecções. Da mesma forma, os anticorpos não são considerados como o único mecanismo de defesa do corpo. Apesar disso, “muitos interessados, de pais a pediatras, querem saber quanto tempo os anticorpos maternos persistem em bebês após a vacinação, e agora podemos dar algumas respostas”, Dra. Andrea Edlow, do Hospital General de Massachusetts: “Esperamos que essas descobertas forneçam mais incentivo para que as grávidas sejam vacinadas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui