Início Noticias Educação Greve nacional dos Professores suspensa

    Greve nacional dos Professores suspensa

    94
    0

    A greve nacional dos professores do ensino gerar que, estava prevista para a próxima segunda-feira dia 26, está suspensa, devido ao memorando de entendimento entre o Ministério da Educação e o Sindicato Nacional de Professores (Sinprof).

    Suspensa greve nacional de professores
    Assinatura de memorando entre o Ministério da educação e o Sinprof

    De acordo com o memorando de entendimento a que o Jornal da Ciência teve acesso, o Ministério da Educação compromete-se em promover os 181.624 (cento e oitenta e um mil, seiscentos e vinte e quatro) Agentes da Educação abrangidos pela reivindicação, no período compreendido entre o mês de Maio de 2021 e o mês de Janeiro de 2023.



    Os primeiros 105.000 (cento e cinco mil) Agentes serão promovidos até ao mês de Janeiro de 2022 e o diferencial até ao mês de Janeiro de 2023.

    O Ministério da Educação comprometer-se igualmente a continuar o processo normal de promoções no Sector, depois de terminar o processo dos 181.624 professores.



    As promoções serão feitas de acordo com o tempo de serviço correspondente ao enquadramento de cada agente no sector, a definir em regulamento próprio pelas partes.

    O Ministério da Educação comprometer-se na criação de comissões de trabalho, a todos os níveis, integradas por membros do Ministério da Educação, Gabinetes Provinciais da Educação, Direcções Municipais da Educação e pelo SINPROF.


    As partes acordaram, igualmente, em continuar a discussão dos demais pontos constantes no Caderno Reivindicativo, até a sua resolução efetiva.

    Cronograma de acções;

    Maio: Discussão e aprovação do Regulamento.

    Junho – Julho: Recolha de documentos.

    Agosto – Setembro: Análise documental.

    Outubro de 2021 – Janeiro de 2022: efectivação na base financeira da primeira fase.

    Fevereiro de 2022 – Janeiro de 2023: efectivação na base finceira da segunda fase e conclusão do processo.

    O SINPROF compromete-se em suspender a efectivação da greve declarada para o dia 26 de Abril, no acto de assinatura do memorando, e conceder uma moratória ao Executivo, conforme compromisso assumido, podendo retomar a greve em caso de incumprimento.

    O memorando foi assinado pela ministra da educação Luisa Maria Alves Grilo, o presidente do Sindicato Nacional de Professores Guilherme Silva e pelo Ministéro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social Vânio Americano.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui