O povo Maasai ou Massaï habita o Quênia há milênios. As mulheres são extremamente sedutoras! Elas são adornadas com várias jóias finamente trabalhadas.

Seus grandes colares circulares de pérolas são cada vez mais imitados pela moda ocidental. As mulheres também mantêm o cabelo muito curto em referência à leoa que não tem crina.

Mulher Maasai com criança ao colo

O povo Maasai prática a poliandria. É o equivalente à poligamia dos homens. Isso quer dizer que a mulher Maasai tem direito a ter relações sentimentais e sexuais com qualquer homem da idade de seu marido. É ela quem escolhe o homem ou homens com quem deseja ter relações. Seu marido não tem voz.

Mulheres Maasai reunidas

Se uma criança nasce de uma relação diferente da relação entre a mulher Maasai e seu marido, a criança se torna o filho ou filha legítima do marido e este o cria como seu próprio filho.

O clichê do africano e, por extensão, do negro, que seria inevitavelmente machista, está errado. Além disso, todas as comunidades africanas não são polígamas ou patriarcais. Não é genético ou cultural ser polígamo. É uma escolha da sociedade.

As sociedades ocidentais são particularmente assim (reis e concubinas, presidentes e amantes) e instilaram isso nos povos que eles dominaram e ainda dominam.

Texto reajustado de @grandeurnoire @Kenya.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui