A ministra da educação manifestou a preucupação do seu gabinete ministreial, pelo facto de alguns alunos numa escola em Luanda, publicarem nas suas redes socias fotografias onde aparecem tirando as mácaras e abraçando-se. Luisa Grilo, que falava na conferência de imprensa de actuazlização dos dados da Covid 19 em Angola, informou que os autores já foram identificados e que serão responsablizados pelo acto, por se tratar de jovens finalistas de 17, 18 e 19 anos.

Segundo a ministra, o acto ocorreu em sala de aulas enquanto aguardavam os professores e durante os intervalos de troca de professores, o que demostra que foi uma atitude concertada. Luisa Grilo apelou aos pais e encarregados de educação, para que alertem os seus educandos no sentido de não voltarem a ter a mesma atitude, pois a Covid 19 não é uma brincadeira.

A ministra lamentou, pelo facto de serem alunos finalistas, que estão a um passo para a universidade, de quem se espera um comportamento mais responsável. “Estávamos com medo das crianças, mas, mais responsáveis são as criancinhas, pois elas comportaram-se muito bem”, lamentou.

Os professores foram parabenizados pelo seu dia internacional ontem celebrado e pela presença massiva no primeiro dia de aulas. Segundo Luisa Grilo, ” Não seria muito elegante, deixar passar uma data tão importante,para a nossa classe que, é de facto uma classe muito importante e, por outro lado, porque nós observamos a responsabilidade dos nossos professores, hoje todos na escola, acompanhando os sues alunos de modo ordeiro, a darem início das actividades lectivas”.

A ministra reforçou a informação que já havia sido avançada pelo Secretário de Estado para a Saúde Pública Franco Mufinda, que cerca de 1000 alunos serão testados aleatoriamente hoje em Luanda. A ministra diz-se satisfeita pelo facto, pois foi uma das preocupações dos alunos, durante a ronda que o ministério fez ontem em algumas escolas.

Os professores que testaram na semana passada, ainda não podem se fazer presentes nas escolas, segundo a ministra, devem aguardar em casa pelos resultados e, informou aos directores de escolas, que essa medida é uma orientação a ser cumprida em todo país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui